O Tarô é muito mais! – Alethea

Aprender tarô não é apenas preocupar-se em atender amigos, familiares ou clientes, ter uma renda extra ou ter a vaidade de dizer a alguém o quê fazer…

Continue ledo e comente no Alameda das Fadas

Anúncios

Entrevista com Rogério Novo – Yub-Tarot

YUB: O que mais te fascina no Tarô?

ROGÉRIO NOVO: O que mais me fascina no Tarô é a história dele e estudar Métodos de se jogá-lo. E buscar a história dele é importantíssimo, para entendermos a sua essência – e até a essência do ser humano. Esta se encontra diluída nas diversas alterações e deturpações que o Tarô sofreu ao longo dos anos, como a influência do ocultismo que quis dissociar a origem dos Arcanos Maiores ao trocar o nome de vários Arcanos para um termo que não o vinculasse à Igreja Católica: Alta Sacerdotisa em vez de Papisa, Mago em vez de Mágico/Ilusionista, Torre em vez de Casa de Deus, Hierofante em vez de Papa. Pura besteira!

Continue lendo no: Yub-Tarot
%d blogueiros gostam disto: