Tarô, Simbologia e Ocultismo – Nei Naiff

Lançamento

Ele escreve para o nosso tempo, pois nega-se a rebuscar os escritos com termos ultrapassados, conceitos amorfos que não condizem com a linguagem contemporânea ou a uma aplicação prática. Seus leitores dizem que sua originalidade transmite segurança no ensinamento de áreas que são delicadas no trato social, tais como o tarô e a terapia holística.

Conheça mais sobre o autor e suas obras em: Academia Virtual de Autoconhecimento.

Celina Fioravanti

Em minha vivência como Tarô, esta autora e professora só conheci pelos livros que li. Prematuramente, (como diz o caipira), viajou para fora do combinado, e na ocasião pegou amigos pessoais e admiradores com triste surpresa.  Todo autor se imortaliza pelo seu trabalho, e nos tempos atuais a internet favorece este aspecto ainda mais. Julgo importante que de alguma forma, velhos e novos amigos possam pesquisar e admirar seu labor em prol do Tarô,  como do autoconhecimento.

Celina Fioravanti em vida foi escritora e taróloga. Estudou na Universidade Federal do Paraná, onde se formou em Belas Artes e fez Licenciatura em Desenho. Desde 1988 passou a dedicar-se exclusivamente ao trabalho espiritualista. Hoje, sua obra literária é vasta, incluindo mais de 30 livros místicos, espíritas e de auto-ajuda, publicados em três países. Como taróloga, possuiu nível de Grão Mestre, segundo os parâmetros internacionais.

Professora Celina Fioravanti

Continue lendo no: Celina Fioranvanti

Valentim Tomberg – Constantino Riemma

Valentin Arnoldevitch Tomberg  nasceu em 11 de março de 1900 (27 de fevereiro pelo antigo calendário juliano) em São Petersburgo, Rússia. Seus pais eram luteranos, a mãe uma devota russa e, o pai, um cético originário dos Bálcãs. Ainda adolescente mergulhou na Teosofia e nas práticas místicas da Igreja Ortodoxa. Em 1917 foi iniciado no Martinismo por G. O. Mebes. Também descobriu, nesse período, a obra de Rudolf Steiner.

Continue lendo no: Clube do Tarô

Mlle. Lenormand – Geraldo Spacassassi

Este livro apresenta uma visão atualizada de um Oráculo errônea e vulgarmente conhecido como “baralho cigano”. Seu autor procurou com este trabalho de pesquisa, resgatar os valores e as estruturas do Oráculo original, francês — Baralho Petit Lenormand — tal como sua criadora, Mlle. Lenormand, o concebeu. Assim, numa linguagem clara e moderna, os seguintes tópicos são abordados neste livro:

Continue lendo no: Caminho do Crescimento Pessoal

%d blogueiros gostam disto: